12/15/2012




PORTUGAL ÁS TORTAS


O incrível continua a suceder neste canto da europa. Foi esta semana uma noticia que passou ao lado de toda a gente sem comentários e talvez não teve mais de 10 minutos globais em todos os jornais, quando deveria ter tido pelo menos horas de assunto e exposição. O Tribunal Constitucional chumbou a lei que criminalizava o enriquecimento ilicito. Depois de muito pensar no assunto, só posso concluir que existem interesses neste chumbo por parte dos juízes, que talvez vissem os seus direitos violados ou talvez algo lhes tenha passado pela cabeça para querer que aqueles que ganham fortunas de forma ilícita, e ai englobamos o mundo das drogas, da fuga aos impostos, das chantagens para com pessoas honestas, ou actos como sucedem em algum instituições publicas onde os arquitectos enriquece ou demonstram capacidades financeiras que os seus vencimentos não justificam de forma alguma o seu património e enriquecimento. Eu que todo o dinheiro que ganho vai á folha e sobre ele recai diversos impostos, não compreendo como alguém na mesma situação poderia não querer esta lei como parte importante das nossas leis! E surpreende-me que os ricos tenham tanto medo que os pobres possam ter os mesmo direitos do que esses.

Portugal tem uma estrutura política que ao longo dos anos não só não conseguiu destruir os interesses escuros que dentro de alguns partidos foram ganhando o poder necessário para se tornarem influentes e conseguirem atingir os seus objectivos, como ainda criaram uma teia institucional que permitia chegar aos mais pequenos para que de forma discreta nada escapasse ao verdadeiro interesse pessoal desses grupos. Vimos um conjunto de políticos transferirem para meia dúzia de famílias e suas empresas fortunas do estado, que hoje nos colocaram numa situação de miséria por necessitamos desses milhares de milhões para sustentar a nossa democracia, mas que sem qualquer pudor asseguraram de forma bem sustentável a reforma desses mesmos políticos e suas famílias. Não tenho duvida que esta será a democracia que Mário Soares, Álvaro Cunhal e outros idealizaram, mas será esta a democracia que Sá Carneiro sonhou? Será esta a democracia que os trabalhadores de punho em alto queriam? Talvez o caminho tenha saído um pouco ao lado.

Não posso por isso esquecer o inicio do texto. Votaram os Sr. Juizes do TC contra a lei que criminaliza os enriquecimentos ilícitos. O mesmo enriquecimento que não foi visto no antigo regime com Salazar! O mesmo enriquecimento que levou várias famílias a fugirem para o estrangeiro em 1940, 1945, 1950, 1955… e que os trouxe a todos em 1974, porque? Serão essas caras diferentes daquelas que comandaram durante 30 anos o nosso Portugal? Está na hora…

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


Free Hit Counter

El Tiempo en Rtve.es