12/17/2006


Um centro de saúde que do papel dificilmente sairá, e tudo por questões politicas.

Vila Viçosa tem sido ao longo dos últimos anos, uma das terras que mais tem sido prejudicada pela política. Com diversos partidos políticos, sempre cada um tomando um caminho diferente do outro e com um leque de influencias que contrariamente ao que seria de desejar, não ajudam minimamente mas sim prejudicam os interesses maiores da nossa terra, levam a não serem satisfeitas as verdadeiras necessidades da população.
Qual seria a prioridade, um quartel de bombeiros ou um hospital, perguntam muitos quando vê que o maior proveito destas instalações será para os próprios bombeiros, pois sabemos que a população directamente não irá usufruir das instalações, mas sim dos veículos, mas para isso não é necessário um quartel novo, digo eu, façam obras no actual. Nesta opção por exemplo, abdicou-se do interesse maior da população, para o de alguns interesses particulares, só pode ser isso, pois o interesse dos calipolenses não foi salvaguardado. Sempre que vejo um edifício como o qual está a ser construído, vejo ali o maior investimento calipolense em obras públicas para os próximos 10 anos, mas ao mesmo tempo vejo que nos próximos anos não será feito o centro de saúde, que tão necessário é para a população e que tanta falta faz.
Hoje sabemos que o poder governativo, abdicou de Vila Viçosa, para poder construir em Borba, no Alandroal, em Estremoz e muitas outras terras que geograficamente nos são próximas. Claro que quem decide neste tipo de coisas, são os responsáveis do governo numa primeira face e numa segundo o poder distrital dessa mesma cor partidária, nisso penso que não haverá duvidas, o que me preocupa é o PS ter tão pouco interesse pela nossa população, um povo tão nobre e que ao longo dos anos tem honrado o ser português. Claro que de uma forma bem directa, quem sai perdendo é o PS local, que possivelmente sem poder fazer nada, não tendo capacidade de influenciar uma decisão superior não consegue minimamente ajudar os calipolenses.

● Mas o que poderá realmente acontecer em relação à saúde de Vila Viçosa, poderá fechar as portas de forma definitiva, tendo como base o que levou ao fecho de tantas maternidades pelo país fora? È uma grande possibilidade.
● E o que poderá o poder local fazer para mudar isso, será que todos os partidos estão pelo interesse dos calipolenses? O actual poder local se conseguisse um centro de saúde era uma grande vitória para eles, por isso nada tem a perder, já outros partidos, não sei.

O que certamente tenho muito claro, é que se o poder distrital e nacional que decide sobre esta matéria, por ventura se lembrar de fechar as portas do que resta, claramente iremos todos para a rua, e acreditem que dificilmente o PS ganhará um só vereador em Vila Viçosa, se por causa do Eng. Sócrates a nossa saúde estiver em causa. Somos portugueses e calipolenses, mas não nos obriguem a cortar definitivamente com um poder que serve o interesse de outros e não o dos calipolenses.

Infocalipo

5 Comments:

At 18/12/06 09:51, Anonymous Anónimo said...

Então a população nada ganha com um novo quartel de bombeiros??
Acho que agora foi longe demais!!
Se não há espaço para trabalhar, então o serviço não pode ser executado nas devidas condições, e se não há espaço para guardar as viaturas existentes onde vão colocar as novas? Como sabe as viaturas dos bombeiros são muitas vezes estacionadas ou no quintalão ou então na rua Florbela Espanca.
Por outro lado o investimento é privado (os bombeiros não são uma entidade pública do ponto de vista do Estado), pois o investimento é efectuado pelos bombeiros de Vila Viçosa e não pelo Estado como afirma. Naturalmente conta com ajuda do Estado como qualquer outro investimento deste género e porque se candidatou a essa ajuda/comparticipação.
O novo quartel permite ainda aos bombeiros "libertar" um grande edificio no centro de Vila Viçosa, do qual poderão ainda obter rendimentos futuros (veja o caso do Alandroal onde as antigas instalações dos bombeiros foram vendidas ou alugadas)...
mas tudo isto é uma questão de visão, e o Dr. Jorge Ferreira decerto poderá responder com grandes teorias económicas, mas a realidade é esta;: o novo quartel era extremamente necessário, estamos a falar do pior quartel do distrito, e uma coisa não está em nada relacionada com a outra, tal como demonstra o Alandroal que têm um quartel de bombeiros relativamente novo com "heliporto" e um centro de saude já premiado a nível nacional.

 
At 18/12/06 20:05, Anonymous Anónimo said...

ninguem disse que o quartel não era necessário, mas quando no país são feitas escolhas, porque razão gastamos tão mal o dinheiro. será que é capaz de dizer que a população de vila viçosa não necessita de um novo centro de saude? pois... certamente que o senhor é um dos poucos que com o seu plano medis não entra nos centro de saude de vila viçosa. e certamente que normalmente vai ao privado, mas meu amigo, acredite que mais de 80% da população não pode fazer. o quartel dos bombeiros sim, mas só depois do centro de saude e de uma biblioteca para a cultura e formação dos jovens. em relação ao investimento privado, sabemos como o negocio foi montado, e sabe onde foi o meu dinheiro e dos contribuintes parar... e tudo porque? pois por isso que é capaz de pensar mas não o é de dizer. em relação á pergunta que fará, a minha resposta é que existem outros que tem a obrigação moral de denunciar

 
At 19/12/06 18:48, Anonymous Anónimo said...

Acredite que de saúde publica sei mais do que o senhor, tenho tantos anos de contacto, trabalhos e frequências de Centros de Saude como você tem de vida, não lhe aceito essas falsas lições!

Penso que confundiu o investimento dos Bombeiros de Vila Viçosa no seu quartel com investimento público, quando uma coisa não tem nada a ver com a outra, penso que isso seria claro, a julgar pela sua resposta obviamente que não é, pelo menos para si.

A biblioteca já está prevista no Orçamento Municipal para 2007.

Quanto ao Centro de Saúde. conforme bem saberá é uma competência do governo central, tudo o que possa ser dito a este respeito não passa de pura especulação.

 
At 19/12/06 20:39, Anonymous Anónimo said...

o quartel de bombeiros de vila viçosa era uma necessidade, mas existem outros investimentos que seriam mais necessários do que este. em relação ás competencias do governo, permita-me indicar-lhe que num país como o nosso a iniciativa deve ser feita pelo dominio publico, o que me dirá em relação ás escolas? também elas são de competencia do governo mas que faz a manutenção das mesmas são os muncipios... evidentemente que também o centro de saude é da competencia do governo, mas quem impede o municipio de fazer um investimento num imovel que seja adequado para um centro de saude, se depois o governo decide não instalar lá o centro de saude, ai será um problemas que o municicpio também poderá resolver facilmente, pois existe neste momento, interesse de privados, em relação à prestação de serviços na area da saude na nossa vila. A biblioteca, recordar que foi um grupo de jovens entre os quais estava eu, que em 2001 abrimos as noticias na antena 1 pedido e trnando publico essa lacuna da nossa terra.... talvez não se recorde.
Fiquei contente no entanto pela sua resposta, não é habitual surgire alguem coerente e éticamente respeitador neste tipo de espaços. os meus parabens, fica convidado a participar de forma mais eficaz escrevendo para este ou outros blogs de vila viçosa

 
At 20/12/06 06:17, Blogger O Restaurador said...

Penso que apesar de tudo, de facto um novo Quartel dos Bombeiros é necessário para Vila Viçosa. Assim como uma Biblioteca Municipal, um Centro de Saúde e Pavilhão Gimnodesportivo (ou Multiusos como agora lhe gostam chamar).

Desde os anos 1970's, quando ainda existia o Jornal Calipolense que já se debatia a necessidade da construção de um novo Centro de Saúde em Vila Viçosa. Já passaram 30 anos desde as primeiras eleições autarquicas democráticas e a partir dessa data a maioria dos concelho em Portugal, melhor ou pior se foram desenvolvendo numa linha constante. O concelho de Vila Viçosa tevem um boom de desenvolvimento nos anos 1980's e depois pura e simplesmente parou, estagnou...

Basta olhar para os concelhos vizinhos (e como diz a sabedoria popular a galinha da minha vizinha é sempre melhor que a minha!) e verificar que o concelho do Alandroal (tido como um dos mais pobres da Europa) já ultrapassou o concelho de Vila Viçosa em termos de infraestruturas, o concelho de Borba para lá caminha (já tem em curso novo Centro de Saúde, novas Piscinas Cobertas, novo Parque de Feiras e Exposições), o concelho do Redondo já lá vai, os concelhos de Estremoz e Elvas nem vou comparar para eu não ficar envergonhado...

A saúde em Vila Viçosa é uma miséria, estive quatro anos fora de Vila Viçosa e deu para ver como funcionam Centros de Saúde noutras cidades e vilas da Beira Interior (Castelo Branco, Fundão, Covilhã, Silvares, Sertã) e que não tem de modo algum comparação com os serviços de saúde que são prestados em Vila Viçosa.

Agora meus caros a questão é a seguinte. Vamos dividir-nos em debates políticos sem fundamente algum, ou vamos remar todos para o mesmo lado, e digo mesmo todos, porque se juntos já é dificil, então separados é para pura e simplesmente esquecer!!!

PS.: JF termina hoje a votação para os Conjurados 2006!

Ainda estou à espera da tua votação.

Um abraço!

 

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home


Free Hit Counter

El Tiempo en Rtve.es